Cotidiano

Brancos são mais ricos que negros no EUA – e ninguém sabe explicar o motivo

16601867_1427825250595149_8965258147729069369_o“Um novo estudo derruba a maioria das explicações — e soluções — convencionais para a diferença de riqueza (dentre elas, na minha opinião, a FALÁCIA da meritocracia). O índice diz tudo: ‘Frequentar a universidade, criar filhos em uma família biparental, trabalhar em período integral e gastar menos não diminuem a diferença de riqueza entre raças’.”

“A diferença salarial entre negros e brancos nos EUA é grande, mas não chega nem perto da diferença de riqueza. Segundo a Pesquisa de Finanças do Consumidor do Federal Reserve (espécie de banco central estadunidense), em 2013 a mediana das famílias brancas tinha US$ 13 em riqueza líquida para cada US$ 1 em riqueza líquida da mediana das famílias negras.”

“Cursar uma faculdade ajuda os afroamericanos a ganhar mais e acumular mais riqueza. Contudo, a mediana dos adultos brancos que cursaram faculdade tem 7,2 vezes a riqueza da mediana dos adultos negros que foram à universidade, segundo o estudo. O mesmo vale para trabalhar em período integral e criar filhos em uma família biparental: os brancos que fazem essas coisas têm uma riqueza maior que a dos negros que fazem essas coisas.”

“Para algumas pessoas, o relatório é deprimente. ‘A conclusão é que, para os negros, matar-se de trabalhar e fazer todas as coisas certas não as levará a lugar algum’, escreveu a editora sênior da Fortune, Ellen McGirt, em comentário publicado no site fortune.com.

“um fator poderoso é que os brancos têm uma probabilidade cinco vezes maior que a dos negros de receber presentes e heranças substanciais, e as somas que recebem tendem a ser muito maiores. O dinheiro ‘pode ser usado para iniciar uma acumulação de riqueza posterior, por exemplo, ao possibilitar que as famílias brancas comprem residências e comecem a adquirir ativos mais cedo em suas vidas’, aponta o estudo.”

Link para a matéria no Infomoney http://migre.me/w3c4Y
Link para o estudo http://migre.me/w3ciC
Link para a íntegra do estudo http://migre.me/w3cj4

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s