Cotidiano

Qual é o grande negócio da “transferência” da Globo que Temer autorizou?

Em fevereiro, este modesto blog mostrou – e provou com documentos oficiais – que em 2005 os irmãos Marinho transferiram para uma pequena empresa, de apenas R$ 1 mil de capital social originário, o controle das poderosas Organizações Globo, “desovando”  esqueletos de empresas endividadas e judicialmente “enroladas”. Ontem, o Diário Oficial da União publicou ato de Michel Temer autorizando uma operação parecida, ao que tudo indica, àquela feita há 11 anos.

glododou

Segundo o site Telessíntese, “a transferência indireta não implica mudança do controle societário, e deve ser uma rearrumação entre os sócios e a família, mudança que só será possível comprovar depois de 80 dias, quando se puder pedir o acesso à documentação, já que o decreto é absolutamente lacônico”. Lacônico e veloz, já  que segundo o site, há operações semelhantes, de outras empresas de comunicação, que aguardam há mais de dez anos autorização governamental para serem oficializadas.

Manda quem pode, obedece quem tem juízo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s